Em terra de cego...

Quem tem um olho é caolho, já diria o ditado.

Incrível o burburinho da última semana em Toronto por conta da presença de David Beckham na cidade, juntamente com seu novo time, o Los Angeles Galaxy, para enfrentar o Toronto FC na liga norte-americana de futebol (sim, o nosso tipo de futebol, e não o futebol americano). Ora, Beckham é um jogador bom, mas longe de ser excepcional. Ele cobra faltas bem, mas não é o melhor do mundo nisso. Ele dá bons passes, mas também há melhores. E convenhamos, bater falta e dar bons passes, até os veteranos do antigo time de Masters do Brasil, longe de sua melhor fase, também faziam com maestria, e talvez melhor que o inglês.

Beckham, com a multidão de "jornalistas" de fofoca, torcedores e fãs que atrai, nada mais é que um grande expoente do marketing mundial. Há vários jogadores em atividade no Brasil que são mais habilidosos que ele, mas poucos no mundo que atrairiam tanta atenção e representariam um investimento tão bom para uma liga que precisa mais do que nunca de atenção. Ele é, mais que um jogador, uma estrela. Casada com outra estrela, acompanhados sempre de perto pela imprensa no melhor estilo de astros de Hollywood (bem, agora realmente também o são, já que se mudaram pra Los Angeles).

Apesar de não ser um Pelé, Ronaldinho ou Zico, é capaz de Beckham ainda se destacar muito em campo quando começar a jogar pra valer pelo seu novo time. Afinal, em uma liga que não tem outros grandes astros, Beckham tem tudo para ser rei.

Ah, ele sequer entrou em campo em Toronto. Mas a torcida lotou o estádio para vê-lo de terno e gravata no banco de reservas. Tudo bem que os torcedores vem dando um bom espetáculo prestigiando e lotando quase todos os jogos em casa do Toronto, que estreou este ano no campeonato. Mas no 0-0 contra o Los Angeles foi batido o recorde de público. Alguém acha que o recorde não foi quebrado por causa de Beckham?

Marcadores: , , , , , ,

1 Comments:

At 4:02 PM, Blogger K said...

Sem dúvida nenhuma, Beckham e sua mulher são estrelas muito mais sustentadas pela mídia do que pelo talento.

E, bem... o cara é gato :) rs!

Sds,

Camila.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home