Radar contra a velocidade

A polêmica não é nem um pouco nova, mas nem por isso deixa de despertar a atenção da população. As autoridades devem usar os radares eletrônicos (os populares 'pardais', como são conhecidos em Brasília, não sei como são chamados em outras cidades) para conter o excesso de velocidade nas vias públicas? Ou a medida é uma pura fórmula caça-níquel, que oferece uma maneira fácil de arrecadar rios de dinheiro ao poder público?

Pessoalmente acho que os radares podem sim ajudar a conter a velocidade em certas avenidas e, principalmente, estradas. O motorista em geral pode se sentir indestrutível e achar que nunca vai se envolver em acidente, acha que sabe dirigir muito bem, tem confiança que pode acelerar um pouco mais e ainda manter seu carro e os demais seguros, etc. Mas quando começa a pensar com o bolso, e sabe que se passar de uma determinada velocidade será flagrado sem dó nem piedade pelo radar, vai tirar o pé.

Se isso vai ajudar a reduzir o número de acidentes já é uma outra história, e muitos críticos falam que até hoje não ficou provado que uma coisa leva a outra. Pessoalmente, acho que para ser eficaz o radar não pode ser fixo. Se a pessoa sabe exatamente onde o radar está, só vai diminuir a velocidade perto dele. Agora, se não sabe, terá que andar sempre na linha, pois o próximo radar pode estar atrás da próxima curva.

Infelizmente nem tudo é perfeito, e o esquema dos radares é muitas vezes aproveitado pelas autoridades sedentas atrás de mais dinheiro para custear seus projetos (oficiais ou não). Colocar um radar no final de uma ladeira, por exemplo, é um pouco de oportunismo demais, a meu ver.

Enfim, o governo de Ontario deve continuar estudando a proposta de trazer de volta os radares às rodovias da província, iniciativa esta que já tinha sido testada na década de 90 mas que foi abandonada em uma mudança de governo. As autoridades locais estão assustadas com o crescente número de casos envolvendo carros disputando corridas ilegais, ou rachas, nas auto-estradas perto de Toronto.

Na dúvida, melhor andar sempre no limite de velocidade para não ser surpreendido depois por uma indesejável carta com sua multa no correio.

Marcadores: , , , , , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home