Self-frentista

O outro dia aluguei um carro para uma viagem e me deparei com uma situação com a qual não tinha muita experiência por aqui - visto que costumo usar o transporte público e não um carro próprio para deslocamentos pela cidade. Como colocar gasolina no carro?

Mal-acostumado que estava com o Brasil, onde muitas vezes há mais frentistas do que bombas de gasolina nos postos de combustível, aqui no Canadá a maioria dos postos não tem frentista. O único funcionário fica dentro da loja de conveniência ou "casinha" onde os pagamentos são efetuados, e seu único trabalho é receber pela gasolina que você coloca em seu carro.

Então, como proceder diante da bomba de gasolina? O quê fazer? Calma, também não é nenhum bicho de sete cabeças. Ainda mais porquê as bombas por aqui em geral são bem modernas e com explicações bem detalhadas do passo a passo que deve ser seguido para abastecer seu carro. Vamos então às dicas:

1) Pare seu carro com o lado onde fica a abertura do tanque voltada para a bomba. No Brasil, às vezes as bombas têm mangueiras compridas que permitem que você alcance a abertura do tanque mesmo que ela esteja do lado oposto. Aqui em alguns postos (ou serão todos?) a mangueira é curta e só alcança o tanque se ele estiver do lado mais próximo da bomba.

2) Escolha uma opção de pagamento antes de operar a bomba. Se for pagar com cartão de crédito direto na máquina, insira e retire o mesmo do leitor e siga em frente. Se for pagar para o caixa, o posto pode exigir que você faça um pré-pagamento para que a bomba seja liberada. Em outros casos, pode ser que deixem você abastecer primeiro antes de "acertar as contas" com o caixa.

3) Se a parte do pagamento já foi acertada, levante a mangueira do local onde está, abra o tanque e coloque o bico da mangueira lá dentro. Aperte o "gatilho" e confira se a bomba está registrando quanto combustível está sendo colocado. Não se preocupe, as bombas têm um mecanismo automático que interrompe o fluxo de combustível quando o tanque estiver cheio.

4) Feche o tanque, recoloque a mangueira na bomba e pronto. Você pode solicitar recibo do pagamento se fez a pré-autorização com o cartão, ou então ir pagar com o caixa se ainda não o fez.

Em geral é isso. Claro que varia de posto pra posto, mas em geral não é nada muito complicado. Se você não quiser arriscar, tiver preguiça ou não gostar do cheiro de gasolina que às vezes pode ficar na sua mão, há opção de postos com frentistas (chamados de postos full-serve, ao invés de self-serve), mas eles não são tão comuns e nem sempre há um por perto.

Quem tem carro e tem mais experiência com isso pode complementar com qualquer outra informação que possa ter faltado? Obrigado!

Marcadores: , , , ,

2 Comments:

At 3:48 PM, Blogger Gean Oliveira said...

oi carlos,

ta tudo certo. so 1 adendo... no full service, vc paga um valor mais caro. motivo? pra pagar a pessoa que esta colocando a gasolina pra vc :)

abraco

 
At 10:24 AM, Blogger CarloAmorusso said...

Gean: É verdade. Em geral você paga mais mesmo para ir no posto com frentista. Nada mais justo. No dia a dia não sei se vale a pena, mas se estiver um frio de -25C, uns dois dólares a mais com certeza são um dinheiro bem investido! Obrigado pela visita.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home