Imposto de renda mais justo

Ainda me lembro de quando, há alguns anos atrás, recebi um aumento de salário que classifiquei de "aumento de grego". No melhor estilo "presente de grego", o tal aumento fez com que minha renda diminuísse. Eita beleza! Tratava-se de um aumento não muito significativo, que me colocava um pouquinho acima do limite para que passasse a pagar imposto de renda pela alíquota mais alta no Brasil, na época 27,5%. Depois de tudo descontado na fonte, sobrava menos dinheiro do que antes, quando tinha salário bruto menor, mas imposto menor também. Ridículo!

No Canadá, o imposto de renda também é cobrado com alíquotas diferenciadas dependendo da renda total da pessoa. A pessoa precisa pagar um valor para o governo federal e outro para a província. Normalmente quem é assalariado tem o imposto já descontado em fonte, como ocorre em muitos casos no Brasil. Mas há algumas diferenças importantes, que não deixam que a situação que vivi no passado no Brasil se repeta por aqui.

Em 2006 o imposto a pagar para o governo federal, por quem ganha até $36378 por ano é de 15,25%. Entre $36378 e $72756 a alíquota é de 22%. Se a pessoa ganhasse ainda mais, os próximos níveis de alíquota federal seriam 26% entre $72756 e $118825 e 29% acima disso.

Ou seja, se alguém ganha $38378, deve pagar ao governo federal 15,25% sobre os primeiros $36378 ganhos (ou $5547,65) mais 22% sobre os $2000 excedentes (mais $440). No total, essa pessoa pagaria ao governo federal $5987,65.

Se fosse em um sistema como no Brasil, onde a pessoa paga uma alíquota única sobre todo o valor ganho se passar de determinado patamar, a pessoa teria que pagar 22% sobre o total de $38378. Ou seja, pagaria $8433,16 ao governo federal, ou $2455,51 a mais do que precisa pagar no modelo adotado aqui.

Os impostos das províncias variam de caso para caso, mas em Ontário a alíquota é de 6,05% para os primeiros $34758 tributáveis, 9,15% para os próximos $34759 e 11,16% para o que vier depois disso. No nosso caso acima, a pessoa pagaria 6,05% em cima de $34758 ($2102,86) e 9,15% em cima dos $3620 restantes ($331,23), para um total de $2434,09. Somado ao imposto federal, desembolsaria $8421,74 de imposto, ficando com uma renda líquida de $29956,26 depois do bruto de $38378 (ou aproximadamente 21,94% de imposto total). Nada mal.

O governo federal ainda está acenando com mudanças que poderão ajudar casais onde um dos dois cônjuges ganhar muito mais que o outro. Se o marido ganha $22000 por ano e a mulher $50000, por exemplo, ela tem que pagar o valor que passa de $36378 na aliquota de 22%. Com a mudança, os dois poderão somar seus salários e dividir o valor obtido por dois. Ou seja, somando-se os dois salários teríamos $72000, ou $36000 para cada um, integralmente na faixa dos 15,25% para os dois. A economia, neste caso, seria de $919,46 para o casal. Quase mil dólares a mais para gastarem como quiserem.

Ah, apenas para deixar claro que não sou nenhum contador, e há várias outras variáveis que podem influenciar o imposto a ser pago, deduções, exceções e etc. Queria ilustrar aqui apenas a mecânica geral usada pelo sistema tributário em relação ao imposto de renda, que a meu ver é mais justo por aqui. Para saber mais sobre os impostos daqui, vale uma visita à "Receita Federal" canadense, a Canada Revenue Agency. Boa sorte!

5 Comments:

At 4:58 PM, Blogger Jeanne said...

Esse sistema de imposto brasileiro é horrível. Quando recebemos a participação nos lucros a empresa nos dá uma parte fixa, que acaba indo integralmente pro governo.
No ano passado nos deram R$1550 fixos,mas pagamos R$1500 de imposto, ou seja, só ficamos com R$50. Piada, né?
Bjs

 
At 7:54 PM, Blogger Paul said...

Queria aproveitar este post para dizer que tenha sido com imenso prazer que recebo cada novo comentário sobre a vida no Canadá. Eles tem sido muito bem escritos (como este dos impostos), e de muita ajuda nessa fase de levantamento de informação que estou, pois ano que vem, se tudo der certo, estarei indo para lá também.

Continue o bom blog.

 
At 8:37 AM, Blogger Imigrante Carioca said...

Grande Carlos, valeu pelas informações!!! Em 2008 a gente toma um chopp em Toronto, se não tiver muito frio, rsrsrs...

 
At 2:40 PM, Anonymous Anônimo said...

Oi Carlos,

Bem falado e nessas horas eh sempre bom termos em mao uma calculadora para saber o quanto devemos ganhar :) Dependendo do valor, como vc bem disse, eh melhor continuar ganhando menos ne?

Abraco

Gean

 
At 3:56 PM, Blogger CarloAmorusso said...

[RESPOSTAS]

jeanne: Nossa, essa bateu todos os recordes. Não sou expert em tributação canadense, mas acho bem mais difícil acontecer um episódio assim por aqui.

paul: obrigado pela força. Espero que continue ajudando.

imigrante carioca: Realmente, vamos marcar sim. O frio não é problema, já que no inverno ninguém fica do lado de fora tomando chope mesmo. Na verdade, acho que as temperaturas negativas até ajudam. Se faltar lugar na geladeira, é só abrir a janela e deixar a cerveja um pouquinho do lado de fora pra ficar no ponto.

Gean: Pois é, calculadora sempre é bom nessas horas. Vale lembrar que ainda têm outros descontos como a previdência e seguro-desemprego, né? Me limitei ao imposto de renda mesmo.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home