Direito de voto para imigrantes?

O prefeito de Toronto, David Miller, lançou uma nova idéia que até faz sentido a primeira vista. Permitir que imigrantes que ainda não são cidadãos canadenses possam votar nas eleições municipais. O raciocínio de Miller é que os imigrantes são afetados diretamente pelas decisões políticas municipais, e não têm o direito de se manifestar nas urnas sobre as propostas que julgam mais adequadas para si.

Alguns bairros, segundo o prefeito, têm grande concentração de imigrantes que não podem votar por ainda não contarem com a cidadania canadense. Os políticos municipais poderiam optar por privilegiar outros bairros, já que os imigrantes não teriam como reclamar das decisões contrárias a seus interesses. Para o prefeito, o fato fica ainda pior devido à lei municipal permitir que canadenses que sequer moram na cidade possam votar nas eleições municipais se tiverem alguma propriedade na região. Miller defende a mudança apenas no nível municipal, e não no federal - que continuaria exigindo a cidadania canadense dos eleitores.

O anúncio dessa nova intenção de Miller acontece em meio a uma acirrada batalha política em Toronto. As eleições municipais em Toronto estão marcadas para 15 de novembro. Ontem, em um debate na TV, Miller e seus dois principais adversários trocaram farpas e acusações, baixando bastante o nível das discussões. Qualquer mudança que permitisse aos imigrantes não-cidadãos o direito de voto nas eleições municipais precisaria ser aprovado pelas autoridades eleitorais da província de Ontario.

Pessoalmente acho que o argumento de bairros inteiros sendo discriminados apenas pela questão da concentração de imigrantes é razoável. Ao mesmo tempo, acho que o Canadá já concede facilidades o suficiente que permitem a um imigrante tornar-se cidadão do país em relativamente pouco tempo, dando a ele a chance de participar mais efetivamente da política local ou nacional se assim o desejar. Não acho que a única solução seja essa extensão do voto aos imigrantes não-cidadãos. Mais eficiente seria uma organização dessas comunidades que se julgam prejudicadas para que seus membros que já adquiriram a cidadania pudessem expressar mais efetivamente nas urnas os seus desejos que estivessem em comum com o restante da comunidade. No mais, parece típica conversa eleitoreira.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home