Greve cancelada aos 48 do segundo tempo

A semana comecou bem com a notícia de um acordo de última hora (ou depois da última hora) entre os patrões e empregados, impedindo uma greve do transporte público em Toronto (a famosa TTC, ou Toronto Transit Comission). Ufa, já estava me programando pra ir ao trabalho a pé, de bicicleta ou patinete - ou os três juntos -, já que de carro seria simplesmente impossível. Nada menos que 1,5 milhão de pessoas usam o transporte público por aqui. Já pensou no tanto de carro a mais nas ruas se a greve tivesse mesmo acontecido? Além de demorar menos, minha caminhada - pedalada, patinetada - ainda ia servir como exercício.

Agora é torcer pros empregados ficarem felizes com o acordo, que deu um aumento anual de 3% por três anos mais um aumento nos benefícios de saúde e garantias de novos aumentos no caso de empregados das outras empresas de transporte público da área metropolitana (os de Mississauga, por exemplo) passarem a ganhar mais que os de Toronto.

Marcadores: , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home