Situação difícil em todo lugar

O Canadá sempre foi visto com uma excelente oportunidade de crescimento econômico para quem queria sair do Brasil e morar no exterior. Nem sempre a imagem de sonho se tornava realidade, no entanto, já que o imigrante normalmente encontrava uma série de dificuldades que impediam esse sucesso - pelo menos a curto prazo. Adaptação ao frio, contatos e rede de relacionamento em sua área de atuação, reconhecimento de diploma. Todos esses fatores sempre trouxeram transtornos aos novos imigrantes, que muitas vezes eram pegos de surpresa por não receberem essa informação dos "agentes de venda" dos consulados que buscavam atrair imigrantes qualificados, nem terem feito seu dever de casa e pesquisado um pouco sobre a realidade do país.

Com a atual crise econômica mundial, a situação ficou pior ainda. Não está fácil pra ninguém, e mesmo a relativa estabilidade canadense já não existe mais como há alguns anos - ou mesmo meses - atrás. O nível de desemprego, por exemplo, dos atuais 6,6%, deve pular para 8,8% até o fim do ano. A previsão é da equipe do TD Bank - um dos maiores bancos do país -, que estimam um corte de 325 mil empregos na economia canadense em 2009. Os principais setores que devem pagar o pato são as indústrias de produção de bens de consumo, mas mesmo o setor de serviços, que normalmente é tido como forte e estável, deve sentir em breve os impactos da redução geral dos níveis de consumo da população.

Hora de apertar o cinto pra quem está por aqui, e reavaliar as expectativas para quem está por vir. Não quero desanimar ninguém de vir ao Canadá, muito pelo contrário. Acho que ainda vale muito a pena, dependendo claro da situação de cada um no Brasil, da área de atuação, dos sacrifícios que a pessoa está disposta a assumir e do nível de vida que se espera no novo país. Apenas acho que a nova situação mundial faz do Canadá hoje um país muito diferente daquele do início de 2007 ou 2008, por exemplo. Tanto para imigrantes quanto para canadenses. E esse fato deve sem dúvida ser incluído agora na equação que determina se a pessoa vai imigrar ou não para o Canadá.

Marcadores: , , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home